• POESIA: MEU APOIO SEMPRE SERÁ VOCÊ!

  • QUANDO O INTERESSE FALA MAIS ALTO... EM BREVE

  • COM QUEM EU FICO?: AS BELEZAS DE ANGRA E PARATY/RJ

As histórias que são postadas aqui são de ficção, porém apenas pra degustação para que os leitores possam conhecer os personagens e a trama envolvida. Caso o autor tenha interesse em compartilhar um conteúdo na íntegra, o site lhe informará automaticamente, portanto não deixe de ativar nossas notificações pra ficar por dentro de cada novidade.
Em relação aos posts, qualquer semelhança com nomes, pessoas ou acontecimentos reais terá sido mera coincidência.
E importante: As compras nos links externos de vendas da Amazon e Clube de Autores são seguras e nenhuma informação é divulgada pelo site, como nome de cliente, data de pagamento, valor pago, forma de pagamento usada, enfim... Basta clicar no link que direciona para o site de vendas e fazer a compra, sem se preocupar com nada!

Leandro Elesbão
Mostrando postagens com marcador Sentimentos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sentimentos. Mostrar todas as postagens

domingo, 14 de junho de 2020

Amor...
O que faz esse sentimento ser tão intenso assim a ponto de despertar no coração da gente um alerta sonoro que não dá pra controlar? Surdo, cego e mudo! 
Assim se define o amor como também usamos a palavra afeto em seu lugar. 
Mas o amor é a essência de tudo. Tudo que se iniciou. 
Amor não tem controle, não tem barreira, não tem preconceito, cor... 
Amor não é completamente aquela certeza, aquela palavrinha chave que você pode destacar num texto e abreviar. Amor tem o seu momento, sua hora, seu tempo certo. 
Amor faz a cabeça virar, pensamentos voar... É sublime. É eterno. É satisfatório.
Dizem que amor é ilusão, uma máscara que se põe hoje e amanhã é substituída. Uma máscara que ás vezes se coloca e não tira. Mas ela cai sozinha.
Amor nos faz pensar em coisas tão banais. A gente recorda de momentos bons da vida. A gente planeja com aquela confiança de que tudo dará certo. Pode ser ilusório, fatal, mal compreendido, desconhecido, exagerado, fiel, verdadeiro, bagunçado, estranho... mas mesmo assim é amor. Sendo passageiro, imortal, descrente, confuso... ainda assim não muda nada. 
É amor!!
Este sentimento que causa dor mas ao mesmo tempo traz prazer e alegria.
Este sentimento que a gente se entrega de corpo e alma sem saber o que vai acontecer em seguida.
Amor é a prova de tudo. É união. Parceria total de duas pessoas que fazem um pacto de vida.
E se ele não for correspondido, meu Deus! Não tem como evitar que caia uma lágrima por causa disso.
E no final das contas, ele permanece em silêncio mantido onde sempre esteve. Naquele coração triste e sozinho, que ás vezes bate por alguém, mesmo enfraquecido e que lamenta por ter perdido aquela intensidade que sentia por uma pessoa que nem deu valor à ele.
Mas afinal de contas, existe mesmo dois tipos de Amor? Ou os dois são os mesmos?
Existir existe. Amor incondicional e amor intenso.
Tem gente que confunde muito né?
O incondicional representa aquele amor fraterno. Aquele amor que um amigo sente pelo outro. Amor com respeito e fidelidade. Um sentimento de confiança que faz aquela amizade se tornar forte o suficiente, para que nada consiga abalá-lo.
Já o intenso diz tudo que duas pessoas apaixonadas sentem um por outro.
Esse transforma mesmo uma relação. Não tem jeito.
Tem gente que se mata por ele.
Tudo por culpa dele. Culpa desse amor bandido, sofrido, inconsequente que invés de amar a pessoa certa, sempre chama a atenção da pessoa errada.
O cupido do amor mira a sua flecha, mas nem sempre existe um alvo certo.
Pode ser coisa do destino ou mistérios de Deus, mas existe sempre algum significado importante que podemos aprender com o passar do tempo. O amor também nos ensina.

Apenas me Beije!

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Quem és tu?
Os dicionários a definem como boas recordações
lembranças gratas de alguém
Mas eu vou além..
Pois há saudades em mim
e só você pode curá-la.
Falo da saudade como dor
Sentimento que tenta me desacreditar
enfraquecer e desistir.
É a presença da sua ausência
Um vazio impreenchível
A prática da solidão
Um inverno em plena primavera
É nada fazer sentido
Tudo parece estar confuso
O ar parece não ser suficiente
É te ver em todos os lugares
Te sentir em todos os cheiros
Pensar em você a cada passo do ponteiro dos segundos
É ler cartas antigas
Relembrar fatos inesquecíveis
Sorrir sozinho de momentos felizes
É repetir dezenas de vezes a nossa música
e ensaiar frases de amor para lhe dizer um dia quando estivermos juntos
É imaginar que naquele momento você pode estar pensando em mim
e o que você anda fazendo agora
Se há sorrisos nos teus lábios ou lágrimas em seus olhos
É, esta saudade é capaz de me matar!!
Preciso de você por perto, do meu lado e na minha vista
Estarei te esperando o tempo que for
Já tenho a melhor roupa separada, a sua comida preferida
e uma canção de amor pra tocar no momento certo
quando a gente estiver juntos na cama.
Eu idealizo o primeiro abraço, a primeira troca de olhares
e as primeiras palavras
Penso em qual será a primeira sensação
Até dá frio na barriga!
Mas eu espero que tudo seja real e perfeito
pois viver sem você é experimentar um vazio sem fim
Mas prefiro agora acreditar que você está a caminho
vindo em minha direção com esperanças de um futuro bom
e ao abrir a porta, eu verei teu sorriso
Ai terei certeza de que como foi bom te esperar
Ver que valeu a pena!
Saber que vamos construir algo juntos me satisfaz.
E hoje mais uma vez, te digo: EU TE AMO!
Os planos que te envolvem se realizaram
a partir desse encontro
e a saudade que apertava meu coração dissipará por completo.
A minha felicidade é você meu anjo!
Meu amor por você é intenso o bastante 
para não existir outro significado.

Pegada

sexta-feira, 15 de maio de 2020

Fica em casa!
É desse jeito que começo
Escrevendo estes versos.
Por favor, te peço!
Sei que parece desespero,
Mas é apenas cuidado mesmo.
Eu quero te ver bem.
Protegida.
Enquanto essa fase não cessar,
A gente precisa se distanciar.
Não tem abraço, nem beijo
Mas ainda existe amor a zelar.
E por conta desse sentimento,
Acredito que esse período vai passar.
Poderei ver seu sorriso pessoalmente
E sua mão à me tocar.
Ainda bem que consigo te ligar.
Te ver através de uma vídeo chamada
Faz meu coração disparar.
Não fique triste!
Tudo isso vai passar.
A pandemia pode nos separar,
Mas não vai afastar
O amor que eu tenho pra te dar.

Interatividade

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Carlos se aproxima de Vívian.
- Vívian, você está bem? - Pergunta ele ao perceber que ela estava um pouco abatida.
- Amor, precisamos conversar e tem que ser agora. -Diz ela.
Marcos e Carlos se entreolham.
Carlos senta ao seu lado no palco, pergunta:
- Então, o que você tem de tão importante pra me dizer?
Marcos decide deixa-lo a sós e sai.
- Carlos, eu preciso que você não leve esse assunto como um fim do nosso relacionamento. -Diz ela, com lágrimas nos olhos.
- Vívian, o que está acontecendo, afinal? Eu estou estranhando a sua conversa.
- Eu não quero te magoar, Carlos, pois eu te amo muito. Você tem que acreditar no meu sentimento, pois é na base dele, que vou revelar uma coisa muito importante.
- Você pode ser direta, por favor!
- Eu não quero sair do clube, Carlos.
- Você não quer sair daqui?
- Não. Na verdade, eu não pretendo deixar o clube tão cedo. – Diz ela, deixando ele surpreso.
Carlos fica sem entender com a atitude de Vivian.
- Mas eu não te entendo. E a jovem que você está procurando pra pôr em seu lugar?
- Eu não procurei por ninguém ainda e não vou procurar.
- Vívian, e o nosso noivado? Você disse que largaria o clube pra viver do meu lado? Você mudou de idéia de repente. Não pode ser verdade! Isso não está acontecendo!
- Amor, eu te amo, mas eu não quero deixar o meu trabalho. Você sabe que eu gosto de dançar, que esse trabalho me faz bem, é tudo que eu sei fazer. São quatro anos da minha vida.
- E eu, Vívian, como fico nessa história? Você parou pra pensar em mim?

Cansei

- Tenta entender, Carlos!
- Eu sou tolo em achar que você deixaria essa vida pra se casar comigo. Como eu sou burro, meu Deus! Como eu acreditei em você!
- Carlos, eu não queria terminar, mas eu largar o clube, sinto muito, isso nunca vai acontecer.
- Minha mãe estava certa. Você jamais sairia daqui mesmo. Fica se exibindo pra todos os homens dessa cidade.
- E se fosse o contrário, Carlos? Se você gostasse muito de uma profissão e não quisesse sair dela pra viver ao lado de uma mulher, como você reagiria? O que você faria, Carlos? Você largaria seu trabalho por mim? Aqui é a minha vida e eu sou feliz por estar aqui.
- É claro que eu largaria, Vívian. Só que nosso caso é outro. Você vai se casar comigo, pôxa. Eu não vou permitir que mulher minha fique dançando num clube só pra divertir os caras da cidade. Isso é uma ofensa!
- Você sempre vê algo de errado em mim. Carlos, não se esqueça que foi nesse clube que nós nos conhecemos. Foi aqui que as nossas vidas se encontraram pela primeira vez.
- Eu me lembro disso, Vívian.
- Então, por que a paranóia? É o meu trabalho! É a minha vida! É a minha carreira que está em jogo.
- Eu preciso pensar, Vívian. Eu preciso refletir bem sobre nós dois. Preciso pensar no que fazer a partir de hoje.
- Eu lhe disse. Eu não queria me afastar de você mas se o problema continuar sendo o meu trabalho, aí fica difícil ficarmos juntos.
- Você quer terminar? Está certa disso?
- No fundo não quero, Carlos. Você sabe que eu te amo, mas...
- Então, me deixa pensar. Só isso! -Ele sai, de cabeça baixa e a deixa sozinha por alguns instantes.
Vívian levanta a cabeça e sente um alívio.
De repente, Marcos volta.
- E então?
- Como é difícil fazê-lo entender.
- Não fique assim. Vocês dois vão se acertar.-Diz ele, colocando sua mão em seu ombro.
- Tomara. Carlos é muito cabeça dura. Jamais me entenderia.


Nesse momento, Martha decide seguir o conselho de Dulce e vai na casa de uma vidente, conhecida de sua empregada. Ela pede a Dulce pra não comentar o assunto com ninguém da casa e ela obedece. Ao chegar lá, a senhora á encontra e pede pra sentar-se um pouco.
- Eu estou aqui porque preciso de respostas.
- Eu sei. Você quer encontrar seu filho desaparecido.
- Sim. Eu quero muito encontrá-lo. Bom, antes, gostaria de lhe dizer que não acredito muito em previsões. Eu só cheguei aqui porque definitivamente sinto que a minha esperança está no meu limite.
- Eu entendo, Martha. Eu sei que você sente muita saudade do seu filho. Eu posso ajudá-la. Eu jamais brinco com coisa séria. Meu trabalho é digno e verdadeiro.
- Obrigada! Eu estou cansada de alarmes falsos.
- Bem, agora eu sinto que o seu filho está próximo, bem próximo. – Diz ela, pegando uma carta na mesa.
Martha a encara com olhos arregalados.
- Ele está próximo, bem próximo do que a senhora imagina.


Atenção: Para dar continuidade a leitura de "Perdidos de Saudade", a obra está disponibilizada nos seguintes links:



domingo, 5 de maio de 2019

Talvez eu tenha sido injusto
comigo mesmo
Tenha enxergado a vida
da pior maneira possível
Jamais me importei com sentimentos
Foi estado de tolice, loucura
Uma raiva gerada pela angústia
Foi a solução que encontrei pra esquecê-la
Tentar bani-la dos meus sonhos e pensamentos
mas como o corão não se engana
e teima em colocá-la sempre no mesmo caminho
Acho que esquecer seria impossível
Talvez eu poderia ter me aproximado mais
Falado palavras sinceras
Tê-la convencido do amor que sinto
Poderia ter escrito um belo poema
Uma canção simples, um e-mail criativo
Mandado flores com um cartão decorativo
Poderia tê-la chamado pra sair
ou simplesmente ter pedido seu número
para conversamos um pouco.
mas nada fiz!
Motivo: timidez  seria
ou medo de levar uma negativa!
Seu olhar quando encontra o meu
Refletem sonhos, desejos idealizados
A certeza real de querer ficar contigo!
Felicidade

quinta-feira, 7 de março de 2019

Eu só queria que o tempo me dissesse se eu seria feliz.
Sabe quando você sente a pessoa distante de você? Quando você percebe que mesmo dando atenção, ela parece se afastar de você. Estou sentindo isso.
Por mais que eu tente dizer o contrário para os meus pensamentos, eu não consigo disfarçar aquilo que está realmente diante dos meus olhos e que a cada dia se torna claro pra mim. 
Eu não sei se o problema sou eu, se é ela.
Se estou errando em algo ou ela mesma quer ficar sozinha no canto dela. Eu realmente não sei explicar o que está havendo. Mas toda vez que eu tento ser próximo, ela se afasta e muda o rumo da conversa.
Ás vezes, disfarça e não dá ideia. E eu me sinto confuso demais. Talvez o meu erro seja o de me entregar facilmente, abrir meu coração... Preciso mudar isso em mim porque eu percebo que isso me prejudica de alguma forma, me faz sofrer e eu não quero viver por toda a minha vida assim se apaixonando e se decepcionando. Excesso de sentimento não é bom e só hoje percebi isso...

Tem pessoas que não gostam e por elas não gostarem, simplesmente se afastam. O amor tem a medida certa e numa dose exagerada, pode nos comprometer muito em nossa relação amorosa. As pessoas que não se entregam facilmente são suscetíveis a ser mais felizes futuramente, porque vai lidando com suas emoções e aprendendo a confiar mais nos seus instintos e principalmente, na forma com que o sentimento é expressado aos seus parceiros.

Com o decorrer do tempo, elas vão se entregando e dando uma oportunidade para quem realmente merece ter. 
É como você confiar no seu próprio filho e lhe dar a chave do carro para ele poder sair a noite com amigos. Por que eu citei esse exemplo? Explico: Quando você conhece bem o seu filho, você passa a ter segurança nele. Você vê no seu próprio filho o seu espelho refletido. Quando você entrega a chave do seu carro, por mais que seja um bem material de grande importância pra você ou que acredite na possibilidade de que ele realmente mereça aquela chance de usufruir do seu automóvel, você está colocando a sua confiança em prática e se o seu filho tem juízo e conhecimento da realidade que acontece lá fora no mundo, ele está passando a se responsabilizar por qualquer atitude que venha a cometer.
Se ele bater com o carro e danificar as luzes dos faróis, você estará ciente de que será também responsável pelo simples fato de ter dado a chave. Agora se acontecer uma situação pior, aí que os problemas vão recair sobre você e aquela culpa pode vir á tona. Se você deu a chave, é porque você confiou.

Por que este exemplo se refere ao que escrevi antes sobre o sentimento das pessoas?
Pelo simples fato de que a confiança quando é colocada em prática, a possibilidade de haver segurança ou não é algo inevitável. Tudo pode acontecer. Assim como o filho do exemplo acima pode bater ou não com o carro, a pessoa quando entrega seu coração á outra pode ser feliz ou não também.
Isso vai depender muito do controle de nossas ações que ás vezes nem conseguimos controlar.
Por mais que você tente conduzir bem o seu relacionamento, os problemas sempre existirão. Um dos dois pode perder o controle e ameaçar um pouco esse elo. Por isso é melhor se precaver antes e sem pressa tentar conhecer a pessoa da melhor forma possível, analisar pontos em comum com ela, refletir se é isso mesmo que você quer, se está sendo recíproco um com o outro... Tem pessoas que não pensam assim e são bem diretas em relação ao sentimento. Ou tudo ou nada. E a possibilidade de dar certo ou não, só o futuro dirá. Quando você aprende a lidar com seus sentimentos, a sua razão prevalece muito.
Se você já se decepcionou antes, você vai recuar um pouco. "Será que essa pessoa vai me fazer feliz?", "Será que tudo o que ela fala é de coração sincero?"
Vai ter dúvidas mas nada que o tempo resolva isso. Pela conversa, você capta as coisas e qualquer detalhe é fundamental para que você pense antes de tomar uma atitude que pode mudar o seu jeito de pensar sobre o passado ou os momentos que você viveu. Não é fácil se desprender do passado porque marca mesmo, mas tem que colocar um ponto positivo em sua mente: nem todo mundo é igual. Ás vezes você não dá chance à aquela pessoa por acreditar que ela fará isso e aquilo e no final das contas, a pessoa vai fazer outra pessoa feliz. E você vai perceber que perdera uma chance.
Agora pelo fato das pessoas se afastarem dos seus parceiros, é porque o amor acabou e por mais que seja difícil, você precisa aceitar. Quando o amor acaba, já era! A pessoa não quer mais fazer parte da sua vida e você precisa tomar um novo rumo. Se ela vai se arrepender depois, isso ninguém sabe.
Novamente digo: só o tempo dirá!

Só

domingo, 18 de novembro de 2018

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. 
Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo enorme e nem ousa tentar. Mas quando surge alguém com boas intenções, com atitude e com determinação de querer estar do seu lado e cuidar de você, a pessoa de antes te procura pra conversar. 
Quando estamos namorando, aparece muitos te procurando pra conhecer mas quando estamos sós, essa busca é árdua. E foi através destes momentos contraditórios que dentre várias fisionomias e experiências distintas de vida que conheci você. 
Um sorriso lindo, uma vida simples, e muito mais qualidades que admirei. 
Que senti naquele instante. Rolou uma certa química, nos curtimos e nos envolvemos totalmente.
Mas o melhor disso tudo é que não nos completamos através do corpo e do toque físico. 
A gente se completou também nos gestos, no carinho. 
Foi uma transbordância de sentimentos sem fim.
Estar com você é esquecer de tudo. Do mundo. Das circunstâncias e até mesmo do passado por mais sombrio que ele seja. Conviver com a sua presença me torna bem melhor. 
Se antes eu andava caminhando sozinho pela rua, hoje já tenho uma mão tocando na minha e caminhando comigo.
Se antes eu estava triste, abatido sem com quem conversar e desabafar, hoje eu já tenho alguém que me abraça e me ouve. Eu sei que eu não estou sozinho o tempo todo. 
Deus sempre está comigo em qualquer lugar onde quer que eu esteja mas quando eu me sentia assim só, eu achava que nunca encontraria aquela pessoa certa que pudesse me entender e que estivesse comigo até nas horas mais incertas da minha vida. 
Eu me achava um nada mesmo sabendo que tinha tudo. Eu olhava para os meus amigos e tentava disfarçar um pouco quando um deles me perguntava: cadê a namorada?
Observar eles acompanhados e naquele "Love" total, me deixava completamente perturbado. Eu ficava me perguntando pra mim mesmo: Quando vou apresentar uma namorada pra eles? Quando eu vou encontrar alguém que me tirasse um sorriso de vez em quando, que almoçasse e jantasse comigo, que dormiria nos meus braços e eu acariciaria seus cabelos, que distraidamente eu a beijava por trás e a envolvia em meus braços devagar...?
Hoje eu assisto um filme romântico e ás vezes, nem choro porque eu sei que tem alguém do meu lado sorrindo e me abraçando e dizendo que me ama muito. E se esta pessoa está comigo agora, eu tenho que agradecer aos céus, porque foi Deus que colocou em meu caminho.

Meu Anjo

TAGS >>

4 Non-Blondes 50 Cent A Dona do Pedaço A Dor desse Amor A Força do Querer A Little Respect A-ha Abalou ABBA Abraço Abuso Sexual Ação Acidente Agonia Águas de Março Alceu Valença Alegria Alguém Always Amanhã não se Sabe Amizade Amor Andanças Angra dos Reis Anjo Anjos Another Day in Paradise Antarctica Antônio Ramos Rosa Anunciação Aplicativo Aproximação Aquela Nuvem Araketu Arte Atenção Atendimento Auréola Ausência Avenida Brasil Aventura Ayrton Senna Baby Balada Banda Beijo Banda Eva Beds are Burning Beijo Beijo Roubado Bella Berimbau Metalizado Berlin Beth Carvalho Biquíni Cavadão Bleeding Love Bob Marley Bon Jovi Borbulhas de Amor Briga Cachimbo da Paz Cafuné Calor Caminho Camp Rock Candy Shop Canto Carinho Carnaval Casamento Cássia Eller Castles in the Air Certeza Chance Chão de Giz Charlie Brown Chega Cheiro Cheiro de Amor Chikungunya Ciara Circunstância Ciúme Claudia Leitte Climie Fisher Cobertor Coincidência Coisas Come Undone Comédia Companheirismo Completamente Apaixonados Confiança Consciência Conselho Controle Convicção Convivência Familiar Coração Coração. Perto Cores Costeirinha Counting Crows Crazy Crepúsculo Culpa Daniela Mercury De Ladinho Decepção Decisão Declaração Demi Lovato Dengue Deniece Williams Desafio Desaparecimento Desapontamento Descaso Descoberta Desejo Desespero Desisto Despedida Destino Determinação Devagar Devagarinho Dezembro Dificuldade Dire Straits Discussão Disney Distância Distante Divulgação Don Mclean Don't You Double You Drama Duran Duran Ebook Edward Eline Porto Elis Regina Elton Jhon Encontro Engenheiros do Hawaii Entretenimento Envolvimento Erasure Erótico Especial Espera Esquecimento Estrela Estrelas Everybody Get Up Ex Êxtase Fagner Faith Falsidade Família Fantasia Fase Febre Amarela Felicidade Fernando Filho Filme Filmes Fim de Ano Firmeza Five Flagrante Flashback Folia Força Fragilidade Frases Fraternidade Freedom Frio Futuro Gabriel Diniz Gabriel Pensador Game of Love Gameshow Garoto de Programa Gay George Michael Gilliard Giniel Gipóia Give It Up Glee Glória Perez Gravidez Grease Grito Gshow Guns N'Roses Haddaway High School Musical História Holly Vallance Homenagem Hot Hunting High and Low I Want You Back Ideia Ilha Grande Impaciência Imprevisível Demais Impulso In This Country Independência Iniciativa Inspiração Investigação Irene Cara It Must Have Been Love Ivete Sangalo Iza Jenilo João Emanuel Carneiro Jogo Jonas Brothers Journey Julio Iglesias Juntos Justin Bieber Katwel KC and the Sunshine Band Kid Abelha Kiss Kiss KLB Lado Lágrima Lágrimas e Chuva Lambada Lembranças Leona Lewis Lets Hear it for the boy Liberdade Listen to Your Heart Lithium Livin La Vida Loca Livin on a Prayer Livro Lopes Mendes Loucuras Love Love Changes Everything Love is all Around LS Jack Lual Luan Santana Luz Mãe Mágica Mágoa Malandragem Mambucaba Mano Walter Marcelo Augusto Maresia Marina Elali Marquinhos Moura Martinho da Vila Maru Marvin Gaye Matsu MC Kekel MC Kevinho Me Espera Medida Medo Mel Memórias Michele Branch Midnight Oil Miley Cyrus Missão Miúcha Momentos Money for Nothing Mr. Jones Mundo Música My Love N'Sync Na Base do beijo Namorados Não Deixo Não Nasce uma Estrela Natal Natalie Imblugia Natasha Bedingfield Natural Negra Li Netflix Never Ever. Young Jezzy Never Gonna Give You Up Nikita Nirvana Noite Novela O Bebê O Canto da Cidade Objetivo Olhares Olhos Ondas One Last Cry One Love Oportunidade Ovelha Pagode Pai Paisagem Paixão palavras Palpite Paraty Passado Paternidade Patrick Swayze Paz Paz Carnaval Futebol Pela Luz dos Olhos Teus Pensamento Pepê e Neném Perae Período Pesadão Pessoas Phil Collins Pintura Íntima Piscininha Pista Planos Please Don't Go Poesia Pop Praia Praia de Japariz Praia do Bomfim Prazer Preconceito Presença Pressentimento Previsão Príncipe Prisão Probabilidade Professor Prostituição Masculina Pulsar Querer Quize Raiva Reach Rebelde sem Causa Receio Rede Globo Rede Social Reflexão Rei do Show Relacionamento Virtual Revelação Revolta Ricky Martin Rivalidade Robin Zander Rodoviária Novo Rio Romance Roubo Roxette Sabiá Sahi Sangue Saudade Saúde Saúde Pública Scorpions Se Quiser Seal Segredo Sem Você Não Viverei Senna Sentimentos Seriado Série Sertanejo Sexual Healing Shes Like The Wind Significado Simple Minds Sinto Sintonia Skate Smells Like Teen Spirit Só por uma Noite Sofrência Sol Solidão Solidariedade Sonho sonhos Soropositivo Sorriso Sozinho Sucesso Sunset Surfboard Surfe Surfista Solitário Surpresa Suspense Sweet Child O'Mine Take My Breath Away Tânia Mara Tempo Término Terra Texto The 100 The Midnight Thiago Martins This is Promise You Titanic Tom Jobim Torn Traição Trailer Triângulo Amoroso Tribalistas Trindade Tristeza Tudo Turismo no Brasil Two Hearts Ultraje a Rigor Um dia a gente se encontra Unwritten Vai Sacudir Vai Abalar Vanessa Hudgens Vanessa Rangel Velha Infância Vento Ventania Verdade Vida Vila do Abraão Vingança Viradouro Visita Vizinhança Você Você vai Estar na Minha Vontade Vou Festejar Voz Walcyr Carrasco Walk of Life websérie Wet Wet Wet Whadi Gama What a Feeling What is Love Whatsapp Wind of Change You are the One Youtube Zac Efron Zika
BREVE NO SITEPROMOÇÕES!